Antes de iniciar seu negócio digital, é importante conhecer alguns dos principais conceitos de e-commerce, que estão presentes em quase todas as operações.

No post de hoje, vamos falar um pouco sobre esses conceitos e, junto deles, trazer dicas para você entender fundamentos muito importantes para começar sua operação online. 

Para conferir, continue a leitura até o final. 

Conheça os principais conceitos de e-commerce

A seguir, você vai compreender melhor os conceitos mais utilizados no e-commerce, além de algumas dicas básicas para iniciar nesse mercado:

Marketplace

Conceitos de e-commerce: Marketplace

O marketplace é uma forma mais fácil e prática de começar um trabalho e-commerce. Funciona como um grande shopping virtual onde o lojista pode montar seu próprio espaço e vender os produtos, como no Mercado Livre, a Amazon e a Shopee. 

Dessa forma, o marketing, os custos iniciais e os envios são facilitados pelo marketplace, que recebe uma porcentagem das vendas concretizadas dentro da sua plataforma. Saiba mais sobre a relevância e o crescimento dos marketplaces clicando aqui.

Marketing digital

O marketing digital é o marketing feito especificamente usando canais de mídia online, como redes sociais, buscadores e e-mail. Com o marketing digital, a loja direciona seu conteúdo e produtos para um público específico, a fim de aumentar sua relevância, crescer sua marca e impulsionar as vendas.

Presença digital

O que é presença digital

A presença digital é como a empresa se mostra na internet, o conteúdo que ela cria e os canais que ela utiliza. Hoje,é importante que os negócios ocupem os espaços digitais, seja em sites, blogs, redes sociais ou e-mail marketing, para que sejam vistos.

Plataforma de e-commerce

Conhecer esse termo é importante porque a escolha de uma boa plataforma de e-commerce tem grande peso em toda a operação do negócio. A plataforma de e-commerce é o sistema que permite o funcionamento da sua loja na internet, auxiliando no gerenciamento do estoque, envios, pagamentos, integração com marketplaces, marketing, etc. Assim, a escolha da plataforma deve ser feita com muito cuidado, levando em conta o estágio atual da sua empresa e as projeções futuras.  

Gateway e facilitadores de pagamento

Gateway e facilitadores de pagamento

Os gateways são a interface que realiza a integração entre as operadoras, adquirentes e a loja virtual para que o pagamento seja processado. 

Já os facilitadores de pagamento — também chamados de intermediadores de pagamento — são plataformas independentes que coletam, processam e liquidam as transações. 

Alguns exemplos de facilitadores são PagSeguro, PayPal e Mercado Pago. 

SEO

O último conceito que vamos trazer é o SEO – Search Engine Optimization. As estratégias de SEO são importantes porque garantem a visibilidade de sua loja nos principais mecanismos de busca. Isso faz com que mais pessoas encontrem seu produto de maneira orgânica, ou seja, sem pagar por anúncios. 

Hoje, a maioria das plataformas já conta com ferramentas de SEO, e são bastante simples de aplicar, então vale a pena conhecê-las bem.

Além de conhecer os conceitos e obter dicas de e-commerce, que certamente irão ajudar na hora de construir um negócio forte na internet, você também pode buscar apoio de outros profissionais, realizar missões exclusivas em grandes players do mercado e construir uma rede de networking diferenciada. 

É assim que funciona o Comitê de Líderes de E-commerce (ComEComm). Sendo membro do comitê, você conta com mentorias, apoio e conhecimento para se capacitar e crescer seu comércio virtual. Quer saber mais? Clique aqui e faça sua inscrição!